A chamada indústria 4.0 – termo usado pela primeira vez na Feira de Hannover, em 2011 – avança em nossa sociedade pós-moderna e, pelo visto, veio para ficar. Marcada pela conexão entre máquinas, aparelhos móveis, inteligência artificial, Big Data, realidade virtual, Internet das Coisas, computação em nuvem e muita tecnologia que vai sendo incorporada em nosso cotidiano, sem que a gente se dê conta.

Ou seja é aquela realidade de filmes e seriados futuristas (lembrando aqui ainda o antigo desenho dos Jetsons) deixando as realidades do mundo virtual e do real, cada vez mais próximas.Mas, é preciso se preparar para lidar com este mercado, não somente em capacitação, mas, também com infraestrutura para a realização de bons negócios e serviços.

Novas profissões surgem para atender a esta tendênciaem diversas áreas do conhecimento, desta quarta revolução da indústria. Dentre as principais:automotiva, alimentos, máquinas e ferramentas, comunicação e construção civil. O objetivo de todos é aumentar a produtividade, sem diminuir a qualidade de produção, gerando o aumento ainda maior de competivividade e valor agregado de mercadoria e serviços, por consequência.

Dentre os profissionais com formação especializada e capacidades de atender a esta nova racionalidade produtiva estão na área de saúde que estejam aptos para utilizar novos mecanismos automatizados e ferramentas de domínio clínico.
No setor de comunicação pessoas capazes de lidar com o fluxo da informação digital em tempo real, como no jornalismo, entretenimento e publicidade. Além claro, a área computacional, com a demanda de profissionais capazes de lidar com os variados domínios tecnológicos, por exemplo.

E, lógico, daí incluso novas profissões como: especialista em Big Data, analista de Internet das Coisas, engenheiro de software, engenheiro de cibersegurança, analista de segurança e defesa digital, instalador de sistema de automação predial, gestor de logística de canteiro de obras e técnico de construção seca, dentre muitas outras.

Além da capacitação, é preciso ter uma infra-estrutura que garanta a tranquilidade para atender aos clientes e desenvolver habilidades com os novos formatos de negócios que surgem, com a utilização de escritórios que oferecem serviços como a Kontor.Ambientes climatizados, localização privilegiada e excelente custo-benefício, com recepção, telefonista, salas de reunião, consultórios, caixa postal e domicílio fiscal.