Quem nunca ouviu ou buscou como meta ser mais produtivo? Ter aquela sensação de mais tempo livre, fazer o que gosta, curtir com a família ou apenas se sentir organizado? De fato essa é uma estratégia fundamental para os caçadores de tempo e eficiência no que fazem.
Produtividade para quem quer tempo é o título de um livro muito rico com algumas verdades que, de fato, se aplicadas irão otimizar em muito a semana de empresários, professores, comerciantes, secretárias e quem mais precisar organizar seu dia de uma forma eficiente.
A primeira verdade que muitos já ouviram falar é que:

Ocupar-se não é produzir

Já teve a sensação de que o dia voou e você não fez tudo que precisava? Isso é sinal de que está apenas se ocupando e não produzindo. É importante ter em mente sempre qual o seu propósito, crie uma fotografia de onde que chegar e a todo o momento olhe para as tarefas que está fazendo e veja se elas estão contribuindo para esse fim. Está fazendo o que realmente te trará resultado ou apenas se ocupando com distrações do dia-a-dia?
*Uma dica muito boa do livro: coloque um alarme três ou quatro vezes no dia para te lembrar com a pergunta: Está produzindo ou apenas se ocupando?

As tarefas nunca vão terminar

E quem já teve essa ilusão? É natural acharmos que tudo que colocamos na lista de tarefas do dia serão feitas até o apagar das luzes. Mas, não se engane e não sofra por isso! Ter essa consciência já ajuda bastante a manter o equilíbrio e ser produtivo.

Se você não tem agenda acaba virando agenda dos outros

Já teve a experiência de estar conversando com alguém, mas se sentir na responsabilidade de toda hora olhar o celular ou responder alguma mensagem? Isso é ser a agenda dos outros. Nessa e em outras situações do dia, toda vez que você se distrai o cérebro precisa de um tempo mínimo para voltar a se concentrar. Lembre-se sempre que quando alguém te manda mensagem está fazendo isso dentro da agenda dele, assim você também pode respondê-lo dentro do tempo que reservou na sua agenda.

Então a dica é:
– Desabilite todas as notificações do seu celular, estabeleça um horário para ser seu bloco de respostas e crie um canal de emergência. Por exemplo, comunique às pessoas essenciais do seu relacionamento durante o dia que precisam te ligar se forem falar algo urgente.

Uma estratégia bem produtiva: Tenha o depósito de “Tem que” ou DTQ.

Parece estranho? Então veja se não vai se identificar. Quantas vezes você está concentrado em uma tarefa e de repente é roubado por um pensamento do tipo “tenho que comprar pão ao voltar para casa”, ou “tenho que ligar para um amigo e desejar feliz aniversário?” Pronto, acabou a concentração e você parte para uma nova tarefa.
Economize energia fazendo o depósito do tem que: escolha um lugar (pode ser celular, caderneta, sua agenda) e escreva ali todos os pensamentos que chegarem fora de hora, para que você possa resolvê-los depois de terminar a tarefa que começou.

E por último faça um DRD – Descarregue, reúna e distribua suas tarefas

Escolha um momento tranqüilo da semana, por exemplo, o domingo, e coloque em um papel tudo que precisa fazer, descarregue tudo ali e reúna em blocos atividades semelhantes, por exemplo: reuniões, compras, ligações, visitas e assim por diante. Distribua na sua agenda por blocos. Se você precisa passar na padaria e na farmácia, reserve o final de um dia da semana ou se precisar fazer algumas reuniões escolha toda quarta à tarde, por exemplo. Isso irá facilitar muito a organização e produtividade.

Junte tudo isso agora e pratique! Sempre se lembrando que a felicidade não é uma linha de chegada, ela é o próprio caminho e mais importante que a velocidade é a direção.